9 de set de 2008

O PODER DAS PALAVRAS EM 12 LIÇÕES

ABRAHAM SHAPIRO - texto produzido em janeiro de 2007

A comunicação orienta nossos pensamentos, modela as ações que praticamos e, de algum modo, nos ajuda a criar a realidade de cada instante de nossa vida. A comunicação evidencia nossos pontos fortes ou potencializa nossas limitações.

Ter a habilidade de usar a comunicação verbal – seja oral ou escrita – com precisão é essencial para facilitar o relacionamento entre as pessoas.

Vejamos alguns casos em que podemos melhorar muito nossa expressão e o sentido que desejamos dar a ela:


01. CUIDADO COM A PALAVRA NÃO. Para ser compreendida, a frase que contém NÃO, traz à mente o que está junto com ela. O NÃO existe apenas na linguagem e não na experiência. Por exemplo: “Pense em NÃO”... Nada vem nada à mente. Vou lhe pedir agora: “Não pense na cor vermelha”. Eu pedi para você NÃO pensar na cor vermelha. Provavelmente você pensou. Procure falar somente o que quer e não o que não quer.

02. CUIDADO COM A PALAVRA MAS. ELA NEGA TUDO QUE VEM ANTES. Por exemplo: "O Pedro é um rapaz inteligente, esforçado, MAS...". Substitua o MAS por E.

03. CUIDADO COM A PALAVRA TENTAR. Ela pressupõe a possibilidade de falha. Por exemplo: "Vou tentar encontrar com você amanhã às 8 horas". O que a outra pessoa entende? “Tem grande chance de não ir”. É claro. Você disse: “Vou tentar”! Evite TENTAR. Ao invés disso, faça.

04. CUIDADO COM “NÃO POSSO” OU “NÃO CONSIGO”. Ambas expressões dão idéia de incapacidade pessoal. Use NÃO QUERO, NÃO PODIA ou NÃO CONSEGUIA, que pressupõe que vai conseguir, que vai poder.

05. CUIDADO COM AS PALAVRAS DEVO, “TENHO QUE” OU “PRECISO”, que pressupõem que algo externo controla a sua vida. Em vez delas use QUERO, DECIDO, VOU.

06. FALE DOS PROBLEMAS OU DAS DESCRIÇÕES NEGATIVAS DE SI MESMO, UTILIZANDO O VERBO NO PASSADO. Isto libera o presente. Por exemplo, "Eu tinha dificuldade em fazer isto..."

07. FALE DAS MUDANÇAS DESEJADAS PARA O FUTURO UTILIZANDO O TEMPO PRESENTE DO VERBO. Por exemplo: em vez de dizer "Vou conseguir", diga "Estou conseguindo".

08. SUBSTITUA O SE POR QUANDO. Por exemplo: em vez de falar "Se eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar", fale "Quando eu conseguir ganhar dinheiro vou viajar".

09. SUBSTITUA ESPERO POR SEI. Por exemplo: em vez de falar "Eu espero aprender isso", diga "Eu sei que vou aprender isso". ESPERAR suscita dúvidas e enfraquece a linguagem.

10. SUBSTITUA O CONDICIONAL PELO PRESENTE. Por exemplo: Ao invés de dizer "Eu gostaria de agradecer à presença de vocês", diga "Eu AGRADEÇO a presença de vocês". O verbo no presente fica mais forte e concreto.

11. SUBSTITUA O “EU ACHO” POR “EU AFIRMO”. Por exemplo: “Eu acho que isto é bom!” fale “Para mim isto é bom!”. O “acho” dá uma idéia muito vaga de sua posição a respeito do tema.

12. SUBSTITUA O “EU DESEJO” POR “EU AFIRMO”. Por exemplo: “Eu lhe desejo muitas felicidades”, fale “Você é e será muito mais feliz”. O desejar denota um futuro muito distante, e dá a impressão que se realizará num futuro muito distante.

Pratique estas 12 Lições e terá o seu relacionamento e desempenho pessoal melhorados.

______________________

Abraham Shapiro é consultor e coach. Suas principais atuações são em formação de time de vendas. Contato: shapiro@shapiro.com.br