28 de ago de 2008

É FÁCIL MUDAR UM COMPORTAMENTO? - REFLEXÃO DE ÚLTIMA HORA

ABRAHAM SHAPIRO

A intenção antecede a atitude.

Não pense que ao desejar mudar um comportamento você já tenha conseguido. Isto é só o começo. A distância entre os dois - desejar e mudar - é um Canyon.

Primeiro temos a intenção de mudar. Convencer-nos de que necessitamos de uma mudança de atitude acontece em alguns poucos segundos, ou menos que isso. Aí começa a grande batalha: transformar a intenção em fato real. Pode levar anos.

No âmbito do pensamento, enxergamos os benefícios finais da mudança. Mas na prática, ao divisarmos as dificuldades e dores que teremos de passar para atingir a meta, preferimos adiar o processo e isto começa a consumir tempo.

Do que depende uma mudança? Depende de corrigir inclinações que, muitas vezes, já se tornaram condicionamentos, vícios, hábitos enraizados e, sem que tenhamos percebido, passaram a fazer parte de nós como os membros do corpo os quais, amputá-los de pronto, representaria uma perda irreparável mesmo que fosse para extirpar um câncer muito grave.

Portanto, aí está o grande dilema do ser humano: mudar para ser melhor e desenvolver-se ou manter modos e atitudes que o identificam e, de certa forma, lhe proporciona conforto e segurança?
___________________________

Abraham Shapiro é coach e consultor em liderança, formação e aprimoramento de time de venda e relacionamento com o cliente. Contatos: shapiro@shapiro.com.br