1 de out de 2012

E NINGUÉM FALA NADA SOBRE CONSTRUIR PARADIGMAS?

Artigo publicado no jornal FOLHA DE LONDRINA, em 01/10/2012, na coluna ABRAHAM SHAPIRO, em Empregos e Concursos.

ABRAHAM SHAPIRO


Paradigma é uma palavra grega. O que significa? Qualquer padrão de atitude ou pensamento ao qual as pessoas se submetem e que pode produzir resultados bons ou maus. É isso!
Mas os paradigmas acabaram se tornando um paradigma. Curioso. É que o uso massivo e ignóbil desta palavra criou uma confusão no entendimento de muita gente a ponto de se acreditar que qualquer paradigma deva ser quebrado. E não é verdade.
Pensamentos ou atitudes viciadas - que produzem situações indesejáveis ou inúteis - são os paradigmas que precisam, sim, ser demolidos. Mas como tudo tem dois lados, existem os paradigmas bons. E estes devem ser construídos e mantidos.
Quem nos lembra disso é um grupo de estudiosos de um instituto italiano de pesquisas que após 21 anos na Europa abriu sua primeira filial no Brasil. É o Future Concept Lab, ou Laboratório de Conceitos Futuros.
Eles descobriram que “tendências” são passageiras e duram, no máximo, cinco anos. Já um paradigma pode quebrar regras pré-estabelecidas, influenciar a vida e os hábitos de gerações, chegando a durar em média 20 anos. Vale mais um bom paradigma do que uma poderosa tendência.
Um exemplo. É um paradigma achar que fast food é sinônimo de comida não saudável. Isto pode não ser verdade e deve ser modificado, já que é possível encontrar comida rápida de excelente qualidade e valor alimentar.  
Já sustentabilidade é uma tendência atual. Por isso, a sociedade pode – e deve – abandonar a simples moda passageira e torná-la um paradigma. Como? Em vez de se produzir apenas produtos sustentáveis, é preciso expandir o conceito para todo o processo ou cadeia de sua produção.
Esta é a importância de se construir modelos de ação e pensamento sólidos.
Um ambiente corporativo que prospera terá suas pessoas se dedicando à construção de bons paradigmas e não à mera importação de tendências passageiras. É assim que se produz valor e perenidade.
______________________ 

Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é simplicidade. É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome - Inspirações para a Vida, o Trabalho e os Relacionamentos", Editora nVersos, 2012. Contatos: shapiro@shapiro.com.br ou (43) 8814 1473