19 de out de 2012

PROBLEMAS PESSOAIS NO TRABALHO

ABRAHAM SHAPIRO

Ao final de minha palestra, um senhor me questionou: “Em sua opinião, qual o principal motivo da falta de desempenho comum a todas as situações de trabalho?”
E eu respondi: “Problemas pessoais”.
Esta, aliás, é uma das maiores frustrações dos gestores. A maioria dos administradores nem mesmo sabe como conversar a respeito dos problemas pessoais dos colaboradores. E muito menos como tratá-los.
Sem nenhuma solução e nenhum treino, os gestores se perdem entre as suas responsabilidades na organização e a preocupação em ser uma pessoa compreensiva, sensível e útil. Assim, os chefes oscilam entre os extremos de ser conselheiros matrimoniais, confessores, pais, psicólogos ou emprestadores de dinheiro até juízes e carrascos.
O que são problemas pessoais? São acontecimentos da vida particular de uma pessoa que parecem ser motivos para não desempenhar o trabalho com fluidez e foco.  Discussões familiares, divórcio, falta da empregada doméstica, problemas com filhos, com o carro, finanças pessoais etc.
É fácil saber se problemas pessoais estão ou não atrapalhando um funcionário. Se você o vir por tempo excessivo ao telefone tratando de situações próprias, cometendo erros repetitivos, imprimindo maus tratos aos colegas ou a mesmo a equipamentos de trabalho, ele tem problemas evidentes. Ao perguntar o que está havendo, ele provavelmente dirá: “Minha cabeça não anda bem”; “Não consigo manter meu foco no trabalho” ou algo parecido.
O que fazer? Se a questão for emergencial, uma dispensa poderá ajudar. Há casos de necessidade de uma licança temporária.
Já, os problemas emocionais de um colaborador podem ser bem administrados através da disponibilidade do gestor em ouvi-lo. Vou repetir: disponibilidade para ouvi-lo. O cuidado a tomar é não pretender ser um psicólogo amador ou conselheiro matrimonial. Isto não dará certo.
O passo seguinte é orientá-lo a procurar um profissional gabaritado para aconselhá-lo ou para dar-lhe o tratamento de que necessita para resolver sua situação pessoal.
Ouça e oriente. Isto é o melhor a fazer.
______________________ 

Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é simplicidade. É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome - Inspirações para a Vida, o Trabalho e os Relacionamentos", Editora nVersos, 2012. Contatos: shapiro@shapiro.com.br ou (43) 8814 1473