23 de jun de 2011

O LABIRINTO

ABRAHAM SHAPIRO

Dois homens foram colocados em um labirinto. Um deles logo achou a saída. Quando perguntado como fez para sair tão rápido, declarou que toda vez que chegava a um ponto sem saída voltava atrás e marcava a entrada daquela trilha para que soubesse qual caminho não pegar dali em diante. Sem isso, ele se confundiria e poderia pegar caminhos errados já trilhados antes.

Vejam que lição maravilhosa. Se este princípio é válido em se tratando de estradas, ele é muito mais aplicável à vida, onde os caminhos aparentemente fáceis quase sempre terminam mal, e os curtos acabam longos demais. E quem fôr inteligente, verá que também se aplica aos negócios.

Neste mundo, grande parte das trilhas leva a lugar nenhum. Mas temos a nosso favor a possibilidade de descobrir quais são elas. Podemos fazer isto por nós próprios ou perguntar para quem já as tenha trilhado antes. Estas pessoas podem ter feito o mesmo que aquele homem, assinalado as vias inválidas ou enganosas, e as indicar para nós. Com isso teremos poupado tempo, desgastes, frustrações e outras perdas.

No entanto, o mais importante e definitivo é: em qualquer momento da vida, qualquer que seja a decisão, precisamos nos certificar de que ela seja um posicionamento importante e significativo, e não uma atitude aleatória, como um mero jogo de dados.

A empresa de hoje compara-se a um labirinto de sentimentos de superioridade e inferioridade, intrigas, envolvimentos pessoais e ausência de objetividade. Enquanto os gurus da gestão enfatizam as metas e os resultados finais dos processos, o que se vê na prática é amplamente diferente. Metas de gerência são estabelecidas mais para agradar a um determinado superior, suas manias e temores, em lugar de estimular a verdadeira produtividade ou a qualidade.

O processo é importante. O caminho que se toma para chegar a um objetivo faz toda a diferença.

Se você quer ser autêntico e desprovido de subjetividades, conheça perfeitamente as razões de suas decisões. E jamais se esqueça de que a vida consiste em 10% de acontecimentos e 90% de interpretação.
______________________

Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é: simplicidade. Contatos: shapiro@shapiro.com.br ou (43) 8814 1473