21 de jun de 2011

LEMBRE-SE DISSO

ABRAHAM SHAPIRO

Três senhoras idosas conversam sentadas em volta da mesa, quando uma delas reclama:

- “Ultimamente ando com um sério problema de memória. Manhã dessas, eu havia acabado de me levantar e mal cheguei à porta, esqueci se tinha dormido. Voltei para a cama e dormi novamente”.

A segunda diz:

- “Poxa, eu também ando muito esquecida. Semana passada, levantei-me da mesa e não lembrava se já tinha almoçado. Comi tudo de novo”.

A terceira, querendo levar vantagem sobre as outras, diz:

- “Cruzes, suas velhas, vocês estão cada vez piores”. E batendo três vezes na mesa de madeira, falou : “Ainda bem que não tenho dado esses vexames... Agora deixem-me atender a porta por que acho que tem alguém batendo...”

Bem, eu ainda não cheguei a esse ponto. E você? Consegue, ao final do dia, relembrar todas as ações realizadas? Você se esquece onde pôs as chaves e a pasta? Perde compromissos? Nunca se lembra do nome daquele cliente com quem se encontra no posto de combustíveis?

A falta de memória é responsável pelo baixo rendimento no trabalho e interfere negativamente na eficiência profissional e pessoal.

Muita gente que tem esse problema não acredita, mas os especialistas garantem que é possível melhorar o desempenho da memorização através de jogos e exercícios.

Estresse, falta de sono e alimentação inadequada podem ser as principais causas, além de alguns medicamentos, como os ansiolíticos, por exemplo. Para o cérebro funcionar bem é preciso cuidar da saúde. Além de palavras cruzadas, quadros numéricos e outros exercícios mentais, existem sites na internet que disponibilizam pequenos jogos com foco específico no treino da memória.

Os entendidos dizem que Sudoku e palavras cruzadas não resolvem sozinhos, por que treinam áreas específicas do cérebro, e não o todo. Segundo eles, a forma ideal de treinar a memória é decorar coisas como a tabuada, números de telefone, sequência de nomes e a lista de itens de compra no supermercado.

Para terminar, veja esta:

Um rapaz consulta seu médico: 

- Doutor, estou com um problema sério de memória. Tudo o que falo, esqueço segundos depois.

E o médico: 

- Quando é que isso começou?

O paciente: 

- Isso o que, doutor?

Faço votos que não cheguemos a esse ponto!
______________________ 

Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é: simplicidade. Contatos: shapiro@shapiro.com.br ou (43) 8814 1473