19 de ago de 2014

INCENTIVO AO MOVIMENTO

ABRAHAM SHAPIRO

Isidor Rabi foi um físico judeu-americano, ganhador do Nobel de Física de 1944 por ter descoberto a Ressonância Magnética. Há uma passagem em sua história de vida que pode ser de grande inspiração para muitas situações do trabalho.
Um repórter quis saber porque o Dr Rabi tornou-se cientista em vez de médico, advogado ou homem de negócios, já que estas são as profissões mais procuradas pelos Judeus. Rabi Respondeu:
- “Minha mãe me fez cientista sem saber. Qualquer mãe judia do Brooklyn perguntaria ao filho que chegasse da escola: ‘Nu? Ou E então? O que você aprendeu de novo hoje?”
Não a minha mãe. Ela me questionava:
- “Você fez uma boa pergunta hoje?”
Eu tenho certeza de que esta preocupação dela em que eu buscasse fazer sempre boas perguntas é que fez de mim um cientista.

Você ainda não descobriu? Perguntas é o que estimula os outros a também fazerem perguntas. E isso causa movimento. Tira as pessoas de seu conforto ou inércia – mesmo que elas detestem interrogações!
Muitos fracassos estão relacionados à ausência de perguntas significativas.
Uma empresa falhou? Faltou um questionamento profundo que investigasse as causas da crise que originou a falha.
Antes, os executivos administravam hierarquias organizadas. Hoje, não.
Antes, os mercados eram caracterizados lentos. Hoje, de modo algum.
Antes, os funcionários seguiam um plano de carreira. Hoje, cada funcionário tem diante de si um número assustador de opções.
Logo, questionar não é opcional, mas uma exigência.
Uma empresa que não estimula o questionamento compromete seu futuro.
Quem não sabe fazer perguntas fundamentais, está sob sério risco.
A passividade é uma droga mortal. Se você está confortável e seguro na certeza de que tudo está bem, uma surpresa desagradável poderá abatê-lo a qualquer momento. E talvez você nem saiba de onde ela surgiu.
Portanto, quando tudo lhe parece bem, ainda aí caberá uma questão. E ela talvez fosse: “Será, mesmo, que tudo vai bem?”
Questione-se! Pergunte-se! Conheça as várias facetas daquilo que parecia definitivo. E não esqueça: “Perguntas causam movimento”.
______________________ 

Abraham Shapiro é consultor e coach. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é "simplicidade". É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome". E-mail: shapiro@shapiro.com.br Fone: 43. 8814.1473