6 de jul de 2012

A RAZÃO PRINCIPAL PARA UM ACORDO SOCIETÁRIO

ABRAHAM SHAPIRO


A tentação do interesse pessoal é altíssima e nociva em qualquer empresa familiar. Por isso, a melhor atitude que um fundador ou os sócios bem ajustados da geração atual podem tomar em favor de seus sucessores numa empresa é vivenciar e transmitir a sabedoria e as vantagens da ação coletiva e unificada.
As circunstâncias nas quais o interesse pessoal de qualquer sócio prevalece são todas desastrosas. Sempre.
Eu vi empresa na qual um sócio usava recursos corporativos a seu bel prazer. Fazia longas viagens internacionais a passeio por conta de um ou dois dias de participação numa feira do setor. Descarregava despesas de moradia no caixa. Empregava escancaradamente cônjuge e outros agregados no quadro funcional. Coisa muito feia. E se algum dos demais sócios reagisse, corria o risco de iniciar uma guerra cujas armas eram os mais requintados repentes de agressão emocional e outros desgastes manipuladores por parte do aproveitador.
Um acordo de sócios pode não ser definitivo na promoção de condutas que resultem na perfeita gestão de um negócio familiar. Mas ajuda muito a conter impulsos exploratórios naturais. Até porque cooperação e ação unificada exigem regras claras. E o que está escrito e assinado tem poder.
Não é fácil produzir um acordo, do mesmo modo que nenhuma equipe de trabalho que funcione bem surgiu automaticamente. Boas ideias emergem de tensões saudáveis no interior dos grupos. É exatamente este o espírito que impera no desenvolvimento de um acordo societário inteligente e bem conduzido, já que a tendência ao benefício pessoal é o mal de toda empresa familiar.
E assim como tudo na vida depende de inspiração para chegar ao bom sucesso, aqui vai uma ideia com força de persuasão. “Irmãos conduzindo uma sociedade aproximam-se demais de serem como os cachorros de uma equipe de corrida de trenó: só o líder dos cães é que consegue apreciar a paisagem”.
______________________ 


Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é simplicidade. É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome - Inspirações para a Vida, o Trabalho e os Relacionamentos", Editora nVersos, 2012. Contatos: shapiro@shapiro.com.br ou (43) 8814 1473