25 de jul de 2008

PERSPECTIVAS DE UMA NEGOCIAÇÃO

ABRAHAM SHAPIRO

Um homem foi condenado à morte por um príncipe. Ele propôs ao nobre que, se lhe desse um ano de graça, ele ensinaria ao seu cachorro falar. Se fracassasse, poderia, então, matá-lo. O nobre, surpreso com a idéia, aceitou. Os amigos do condenado o julgaram louco. Um cachorro poderia aprender a falar?

O condenado, então, lhes revelou sua estratégia: “Um ano é muito tempo” – disse ele. “O príncipe pode morrer. Eu posso morrer. O cachorro pode morrer. E se ninguém morrer, quem sabe, na melhor das hipóteses, eu até ensine o cachorro a falar!”.


Bem. A lição que aprendemos desta história é belíssima e pode muito bem ser aplicada na prática de várias situações da vida.

Tempo é um bem precioso.

Quantas pessoas desprezam o tempo de um dia! Mas para uma diarista que tem cinco crianças para alimentar, este tempo significa o sustento de seus filhos.

Um segundo – este é o tempo em que muitos acidentes gravíssimos acontecem.

E se falarmos em décimos de segundo? Este tempo, quase imperceptível, parece não significar nada para quase todo mundo. Mas para um atleta numa olimpíada, é o que separa a medalha de prata da medalha de ouro.

Um ano realmente é tempo demais. Pode mudar todo o cenário e trazer consigo grandes transformações.

De modo simples e atual devemos entender que em qualquer negociação, quando nada mais for possível ser considerado, ganhar tempo pode ser uma excelente estratégia. Afinal, se nada mudar, a vida bem vivida com paz e equilíbrio terá valido o tempo que se negociou.
_____________________________

Abraham Shapiro é consultor de líderes de negócios, palestrante e conselheiro de alta gerência. Atua nos bastidores de renomadas empresas do país. Seu foco está voltado para o desenvolvimento de times de vendas com estratégia no desenvolvimento pessoal dos membros da equipe. Contatos: shapiro@shapiro.com.br