18 de nov de 2014

NINGUÉM É BOM SOZINHO

ABRAHAM SHAPIRO

Algo que sempre acontece na hora de contratar alguém para um cargo importante, especialmente em áreas de decisão estratégica da empresa. É o momento em que se buscam grandes currículos e as melhores referências em bons profissionais.
Não há dúvida. Aquele que pontuar grandes resultados será o eleito.
Mas há um erro grave de julgamento aqui.
Lá na empresa de onde ele vem, o tal eleito pode ter encontrado condições ótimas, recursos e pessoas sinérgicas a tal ponto, que a somatória foi favorável ao desempenho que agora está registrado em seu currículo pessoal como uma conquista própria.
É claro que não se pode negar o potencial deste candidato, nem sua boa energia, talento e conhecimento. Porém, se na sua empresa todas as condições de contorno não forem favoráveis, ou melhor, se o meio local não condisser com o que ele precisa para “dar o melhor de si”, você correrá o risco de não ter o profissional que espera.
Essa pressa em resolver a situação, em fechar questão ou diminuir a dor psicológica só adia o problema, jogando suas consequências para o futuro.
Uma lição a ser definitivamente aprendida na gestão de pessoas é “ninguém é bom sozinho naquilo que faz”. Leonardo da Vinci, Ludwig van Beethoven e Albert Einstein não foram executivos de empresas. Não os tome como exemplos para justificar as suas mazelas no processo de seleção. Na empresa, as pessoas se somam a fim de multiplicar. E qualquer resultado é, sempre, o que se obtém desta operação!
______________________ 


Abraham Shapiro é consultor e coach, com especialidade em Sucessão em Empresas Familiares como facilitador da relação entre sucessor e sucedido para que o processo transcorra em paz e com ampla capacitação do sucessor, e Gestão - orienta a empresa para organizar-se de modo a corresponder às necessidades de seu posicionamento no mercado.  É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome". Contatos: shapiro@shapiro.com.br ,  cel: 43. 8814.1473