8 de nov de 2012

O MILAGRE DO RECONHECIMENTO

ABRAHAM SHAPIRO

Reconhecimento e gratidão são duas virtudes que somente os grandes possuem. Mas grandes mesmo – grandes pais, grandes filhos, grandes seres humanos, grandes patrões, grandes líderes etc.
Um empresário que reconhece o esforço de seus colaboradores terá a “boa sorte” de uma equipe comprometida. O contrário também ocorrerá. Seu grupo de trabalho será do tipo “permanentemente não engajado”. E não será azar nenhum. Mas lógica!
Ouvia, dia desses, a conversa entre dois gerentes de uma indústria familiar de médio porte: “Não faça tanto. Aqui o negócio funciona da seguinte forma: se você faz a sua obrigação ou vai além do previsto, não faz diferença alguma. Com este boçal sanguessuga do nosso patrão, tudo o que você fizer jamais será suficiente. Veja como ele trata a própria mãe – aos gritosw e berros. O filho não o respeita! Ninguém vai honrar um homem assim! Não vale fazer isso nem pelo seu emprego!”
Fiquei indignado com a conversa que inevitavelmente chegou-me pelo elevado tom vocal com que o gerente ensinava comportamentos nada bondosos àquele seu colega. Mais ainda pela invasão à privacidade do patrão que ele reiterava sem qualquer dose de vergonha. Mas conhecendo o indivíduo de quem eles falavam, eu sabia que a origem daquela atitude advinha de um ponto fraco identificado por todo mundo: este chefe não manifesta o mínimo reconhecimento por ninguém. E de sobra, faz questão de ser grosseiro com funcionários mesmo diante de clientes.
Ser grato e manifestar o valor do próximo realizam grandes milagres no espírito de solidariedade e no equilíbrio do ambiente.
Não se dá reconhecimento apenas com dinheiro ou outras recompensas, mas com visão daquilo que foi bem feito, e com palavras sinceras. Mais vale um elogio franco sobre o esforço empreendido pela pessoa do que prêmios.
Dê reconhecimento aos que estão à sua volta. Distribua sentimentos modestos e breves de gratidão. Um simples cumprimento tem enorme significado para quem o recebe e o poder mágico de converter opiniões rudes ou adversas em cooperação. Eu lhe garanto um clima positivo e solícito em resposta à sua atitude.
______________________ 
Abraham Shapiro é consultor e coach de líderes. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é simplicidade. É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome - Inspirações para a Vida, o Trabalho e os Relacionamentos", Editora nVersos, 2012. Contatos: shapiro@shapiro.com.br ou (43) 8814 1473