17 de set de 2014

O MELHOR MOMENTO PARA SE DEMITIR

ABRAHAM SHAPIRO



Qual é o momento certo para um funcionário mudar de emprego?
Eu tenho uma tese. Ela é simples, apesar de controversa, Mas funciona em quase todos os casos.
“Você só deve mudar de emprego quando tiver alcançado o melhor da sua potencialidade no lugar em que você está”.
A relação com o emprego tem muito mais a ver com você face a face consigo mesmo do que com o seu patrão, diretor, gerente ou colegas.
Se o seu caso for mal-estar, o sentimento que o gerou vai acompanhá-lo aonde quer que você vá.
Se for falta de disciplina, sem que você se esforce para melhorar hoje e sempre, a sua indisciplina estará anexa ao seu comportamento neste planeta ou em qualquer outro do Sistema Solar.
Vença isto e você terá conquistado o direito de mudar de emprego.
_________________________________________________________________
E aproveitando o tema, como ter certeza de que você é um bom profissional?
O referencial para se fazer esta análise é, de novo, você mesmo. Pergunte-se: “Estou me desempenhando no meu máximo e conseguindo os melhores resultados que posso?” Se a resposta for “não”, mude isso. Rápido. Estude, recicle-se, faça tudo! Alcance o melhor de si atingindo esse status na função em que você estiver. Estou falando do máximo esforço no cargo atual porque toda vez que você muda de cargo, sai da posição de máxima competência e inicia numa nova posição onde a sua competência não é alta.
_________________________________________________________________
E não podemos deixar de abordar a mudança de emprego por melhor salário. Na maioria dos casos, quando a pessoa troca de emprego apenas por questão salarial, em dois ou três meses no novo emprego ela estará novamente insatisfeita. A questão é pessoal e precisa ser mudada consigo mesmo. Aprender a adequar-se a um comportamento econômico, a um orçamento e atingir o melhor desempenho é o ideal antes de mudar e descobrir que você não dá conta nem de suas finanças pessoais.
Agora responda: “Você faz o melhor? É eficiente?” Esta resposta só você sabe dar. E sabe mesmo. Não sei se é franco ou franca o suficiente para verbaliza-la. Guarde bem isto:
“Quando olhar no espelho e souber que chegou ao status máximo de performance na função em que você está, aí sim terá chegado ao nível de avaliar se a empresa reconhece o seu esforço e o valoriza. Se não veem o seu real valor, então você está no momento propício para  mudança”.
______________________ 

Abraham Shapiro é consultor e coach. Sua filosofia de trabalho, em uma só palavra, é "simplicidade". É autor do livro "Torta de Chocolate não Mata a Fome". E-mail: shapiro@shapiro.com.br Fone: 43. 8814.1473